Pesquisa








"Eu poderia recriar diversos romances a cada nova música que meus ouvidos silenciam, mas eu só penso em você.
A cada nota, a cada suspiro, eu te sinto. Te sinto tão fortemente que meu peito dói. Dói de amor, não de dor. Estranho pensar que o amor pode doer, mas em mim ele dói. Talvez seria essa minha mania de não querer as coisas rápidas demais e quando me dou conta, o amor já cravou-me e fez morada. Como pode?
Como pode conseguir apenas falar de amor, coração? Não sei escrever de outra coisa, de outro sentimento. Quando estou triste, meu peito trava e as palavras não saem. Quando feliz, elas gritam. E gritam porque? Pelo amor. Pelo simples e bonito amor que carrego.
Não é do ventre nem do ar. É de dentro para fora que jorra sem que eu perceba, e de repente tudo já aconteceu. O beijo molhado, as mãos apertadas em meus cabelos, o perfume que restou em todo meu corpo, meus cabelos bagunçados, uma marca bem ao lado, a cama bagunçada, os seus cabelos bagunçados, roupas espalhadas pelo chão,  o cheiro que paira no ar e o silêncio de nossos olhos que penetram um ao outro. Não quisera eu todo esse amor? Eu não quero ter o amor, quero senti-lo todas ás vezes que me tocar. 
Calo. Calei mais uma vez por doer. Eu disse que o amor me corrompe. Disse também que minhas lágrimas nunca caem para fora. Eu sempre choro dentro do peito. Sempre. O sempre me acompanhará, para sempre. Mesmo em tons de cinza ou vermelho, ele permanecerá. Eu quero que você permaneça aqui, calado e caloroso. Sempre dentro do peito. É assim que quero. É assim que vai ser."

Gostaram do texto de hoje?

Acompanhe o blog também em:
postado com amor por
  • Comente pelo Facebook!

    20 Comentários

    1. Sempre que leio seus textos fico encantada com a forma como você escreve, é uma forma gostosa que faz com que tenhamos mais vontade de ler o texto. Mais uma vez me identifiquei com cada frase que você escreveu. Parabéns!
      Beijos, www.doseujeito.tk

      ResponderExcluir
    2. Que lindo! Me lembrou do livro A Última Música, só que em vez de ser a relação da Ronnie com o pai, seria a relação dela com o Will. Inclusive, se você já viu o filme ou leu o livro, vai concordar comigo que deveria ter um livro/filme da relação da Ronnie e do Will.

      Bitocas!
      www.likeparadise.com.br

      ResponderExcluir
    3. Que lindo texto Camila, parabéns! Dizem que o amor, na alma de um poeta nunca morre, e eu concordo. Você descreve muito bem seus sentimentos, seus textos ficam tão sinceros. Beijos

      http://desfocandoideias.blogspot.com

      ResponderExcluir
    4. Oh my God!!!!!! Imagine principiar um romance com um prólogo idêntico ao texto acima, Camila!!!!
      Muito ótimo de sensacional!!!! Li e reli e o meu dia iniciou lirico. Se eu gostei? Como diz minha neta mais nova: "Amei de paixão!!!!"

      ResponderExcluir
    5. Que lindo Cami! Eu sou um pouco assim como o texto, quando estou triste ou feliz sempre se trata de amor! Gostei como você transmitiu isso em texto, parecia uma "confissão". Amei o texto ♥

      http://www.leitecombiscoitos.com/

      ResponderExcluir
    6. Muito lindo o texto, Camila! Você se expressa muito bem através da escrita.
      Beijos
      http://desconstruindoocaos.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    7. Como não gostar do texto de hoje? ♥ Lindíssimo!

      tofalandoisa.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    8. Adorei o texto! Parabéns :)

      http://conversadecloset.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    9. Você me chamou, eu vim. Nem preciso falar que amei tudo por aqui né? O jeito que você escreve, com detalhes, com energia, com sentimento. Muito bom mesmo. Amei!

      Apetrechos de uma Garota

      ResponderExcluir
    10. Quando estou triste meu peito trava e minhas palavras também não sai amei o post flor
      magrafelizpensa.blogspot.com

      ResponderExcluir
    11. Forma mais gostosa de escrita! Amei! Continue escrevendo, seus textos são tocantes!
      beijos
      http://cheiade-alegria.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    12. que amor de texto, literalmente hahhaha. adorei! realmente, quando o nosso coração está cheio de amor, dá vontade de escrever mil coisas!!
      beijos www.portefeminino.com.br

      ResponderExcluir
    13. amei o texto, lindo lindo lindo *-*
      se garante, Calmila ♥
      Sinceramente Blog ♥

      ResponderExcluir
    14. O amor anda me doendo tb, infelizmente :(

      Feliz Natal!
      Bjo
      http://emrenovacao.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    15. Oi Camila, tudo bem? :)

      Texto lindo e inspirador, flor. Esse tipo de amor também vive em mim... Então, eu super te entendo e me vi em 100% do texto!

      Beijos
      http://www.carolice.com/

      ResponderExcluir
    16. Ca! Eu respondi um meme muito legal e adoraria que tu respondesse também, olha: http://www.carolice.com/2014/12/5-pratos-pra-quebrar-em-2014.html.

      ResponderExcluir
    17. Tsxto lindo, adorei cada detalhe dele, e me deixou bem inspirada aqui! *-*
      Beeeijos linda ♥
      http://mydreamsofasummernight.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    18. Como sempre, texto perfeito <3
      Beijos,

      http://www.umamineirasonhadora.com/

      ResponderExcluir
    19. "Não é do ventre nem do ar, é de dentro de mim que jorra", essa frase só uma mulher apaixonada poderia ter escrito. E só mulheres que se apaixonaram conseguem reconhecer e se enxergar no texto.

      Maravilhoso! Curta muito tudo isso :)

      Beijos,
      Helô, do Vestido do dia

      ResponderExcluir

    Obrigada pela sua visita! Ela é muito importante.