Pesquisa








Não fui uma adolescente que queria sempre chamar atenção das pessoas e sempre fui um tanto tímida com os garotos e por isso, minhas amizades eram com meninas, de minha idade ou não. Tudo realmente começou aos 14 anos, quando comprei um caderninho pink cheio de corações e com as folhas cor-de-rosa decoradas. Esse foi meu primeiro contato com um diário de verdade. Digo de verdade pois antes fazia muitos rascunhos no fundo de meus cadernos que acabavam sendo jogados fora. Foi com esse caderninho que minha paixão pela escrita começou, juntamente com o início também daquelas paixõezinhas bobas sabe? Ele era apenas um simples diário no começo, mas logo comecei a escrever pequenas frases e poesias bem curtas, apenas para soltar o que ficava transbordando em meu coração. E essas poesias não eram mostradas á quase ninguém, limitava-se apenas a duas amigas, pois sempre pedia se estavam gostando. A partir dessa idade, não deixei mais de escrever. Seria um dom? Talvez sim.. mas eu amo fazer isso e quero muito trabalhar escrevendo. Viver da escrita...
Quando completei 16 anos, criei meu primeiro blog para deixar salvo meus textos, pois de verdade, estava ficando um tanto cansada de escrever no papel, e ter criado meu blog me motivará sempre para não perder o foco e nem perder essa paixão. Fico um tanto nostálgica ao lembrar que tinha dois caderninhos em que um escrevia textos e no outro frases e poesias. Essa época foi de descobrimento de muitos sentimentos pois quando escrevia, entendia um pouco e liberava mais um pouco do turbilhão de ideias que iam surgindo em minha mente.
Desde já, aos 14 anos, minha paixão por tudo que envolvia papelaria também começou. Lembro-me de ficar horas para escolher um simples bloco de anotações pois queria levar todos para casa pois sabia que seriam muito bem usados e rabiscados com meus poemas. Mas isso não era possível. Quem ama escrever, é impossível não ser apaixonado por tudo que envolve papelaria como agendas, cadernos, canetas, marcadores, posts its... e poderia ficar citando por horas tudo o que me encanta. É algo que sempre irá me motivar a escrever.
Carrego comigo sempre, digo 24 horas por dia, meu scrapbook onde sempre rabisco ideias de textos e postagens para o blog e isso é maravilhoso pois nada se perde, tudo acaba sendo resgatado depois em cada detalhe do meu trabalho como escritora em meu blog. E isso é incrível. Sou muito organizada e sempre carrego comigo algo para anotar compromissos e todas as coisas e esse é um método que funciona demais. É pratico, rápido e você possui uma visão muito ampla dos seus afazeres tanto na faculdade/escola, trabalho, blog, e organização da casa. A papelaria foi, é e será sempre muito importante para mim. 
Participo de um projeto de cartas chamado 'Felicidade Pelo Correio', da Fernanda Torres, que fez com que eu não perdesse esse lindo hábito, mesmo que hoje todos mandem email e ficam online pelo celular e pelo facebook. É maravilhosa a sensação de receber carinho de longe, de pessoas que não conheço mas pelas cartinhas já me sinto tão verdadeiramente ligadas á elas. Sinto imensa alegria quando recebo as cartinhas e mais ainda quando vou á uma papelaria para comprar envelopes coloridos e bonitos. É puro amor.. Isso é inspiração para a vida. Escrever cartas significa fugir do inevitável dos emails, é deixar de lado pessoas que não mais o fazem por motivos lamentáveis, é deixar o coração escrever, é descobrir um mundo novo com novas possibilidades e habilidades.
O que acontece é que escrever vicia. Vicia a tal ponto de pensar naquilo e perder algumas horas de sono apenas deixando as palavras vagarem no quarto. Isso me retira de qualquer tédio ou tristeza. Soa muito estranho dizer isso.. mas é a melhor droga que existe. Atormenta, mas depois alivia de tal forma, que nossa, consigo ouvir-me ofegante. Só quem escreve sabe. Só quem escreve sonha e depois de alguns segundos acorda como se nada tivesse ocorrido. Mas sabe que está diferente, um esquisito prazeroso de engolir.
Escrever é renascer a cada minuto. É saber que existe uma leveza imensa quando isso ocorre e sentir uma profundidade tamanha com as palavras. Minhas companheiras. Palavras, frases.. formam a cada dia minha história, deixada aqui para muitos, ou para poucos. Dizem por ai que poetas são bichos doidos. São doidos por que amam.. E podem me chamar de doida pois amo e de tanto amar isso transborda e sempre escrevo. Escrever é a minha vida. É a minha vida de amor.
__________________________________________________________
Acompanhe o blog também em:




postado com amor por
  • Comente pelo Facebook!

    12 Comentários

    1. Sou doida pra participar desse projeto! Amava enviar e receber cartas pelo correio. Minha timidez também me ajudou a me interessar pela leitura e pelas palavras. Tenha um final de semana abençoado, beijos!

      Blog Paisagem de Janela
      paisagemdejanela.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que projeto bacana! Eu sou péssima com textos e afins, então né... Já você tem um talento incrível!
        Beijos,
        Julie | http://www.juliechagas.com/

        Excluir
    2. que linda *-* continue escrevendo, porque você é talentosissima pra escrita cá, você merece sucesso total nessa vida :) como é engraçado, eu adoro escrever também, ganhei meu primeiro diário com 12 anos, do meu irmão, lembro que eu escrevi até meus 17 anos nele, e ai foi quando na adolescência, a gente quer saber de balada e essas coisas, parei de escrever, mas comecei o blog ahhaha e ai não parei mais, eu sou organizada sim, e adoro coisa de papelaria também ahahahhaha

      adorei o final do texto, sua doida! ahahha <3 <3
      continue com esse trabalho lindo que você vai longe!

      <3
      beijinhos :*
      japona.mairanamba.com

      ResponderExcluir
    3. texto lindo, tenho muito mais facilidade em escrever do que falar!! <3


      http://cabecanasnuvensz.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    4. Amei o texto! Sou apaixonada pelo jeitinho simples mas lindo de escrever, queria ter esse dom hahah Beijos! <3

      http://senhoritadeallstar.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    5. Escrever é bom mesmo me fez lembrar dos tempos que eu e minha primas nos mandávamos cartas.

      Beijos

      Aline
      comprasdemulheres.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    6. Escrever é um antídoto para as doenças da alma. Escrever é tudo de bom meu anjo. Ajuda o coração a fluir, a extrair o excesso que nos aflige. Ou mesmo os encantos que transbordam. Somos doidos. Uma loucura sadia.

      No mais, Cahhh, ESQUECI da cartinha :( Tô muito envergonhado ó. Ela tá dentro do meu caderno, no envelope. Ai, tomar vergonha na cara e envia-la pra ti tá bom. Agora de verdade *-* Desculpa um milhão de vezes!!

      Beijos!!

      ps: tem texto novo :3

      ResponderExcluir
    7. Me deu uma saudade enorme de escrever, de sentir paixão por minhas histórias, de me envolver com meus personagens. Mas desde que entrei no jornalismo e aprendi um modelo blocado e chato de escrever, fiquei muito travada :/ Preciso retomar meus hábitos de escrever sem limites e sem medo de ser feliz!


      Beijos
      Sorteio de $50 pra gastar na Sheinside
      Brilho de Aluguel

      ResponderExcluir
    8. Adorei! me identifiquei muito com o texto e lembrei da minha adolescência .-.

      tbm adoro escrever mas tenho receio do que as pessoas podem pensar, mas quando der coragem posto algo no blog rs

      Seu blog é tão fofo *-* já foi pro meu blogroll

      beijooo <3

      Tãã
      www.cerejarocks.com

      ResponderExcluir
    9. Eu não levo muito jeito para escrever,
      então admiro muito quem tem essa facilidade!

      Achei super bacana esse projeto :)

      Beijos.
      Deep Luv

      ResponderExcluir
    10. Escrever é minha vida, e eu fiz disso uma profissão!
      Adorei o texto

      vestindo-ideias.blogspot.com.br

      ResponderExcluir

    Obrigada pela sua visita! Ela é muito importante.