Últimos posts

Pesquisa







Era meia noite e ainda não conseguia dormir. Meu coração batia demais e meus olhos não cerravam. Minhas mãos embaixo do travesseiro, adormeciam e formigavam, mas nada importava ali. Era eu, minha falta de sono, meus pensamentos e o som do ventilador. Tudo era pavoroso, a não ser o fato da minha coberta quentinha nesse dia tão frio estar devidamente organizada sobre mim. 
Essa meia noite se transformou logo em uma madrugada solitária, com um vento leve, com suspiros de alívio e alguém. Esse alguém que teimei sempre pensar. Tentava não pensar em como ocorreu ou no fato de sempre me fazer chorar. Mas dessa vez não chorei, não solucei, não matei sonhos e nem ao menos toquei em seu nome. Dessa vez havia uma luz que cobria meu coração e me dava uma paz que nenhum ser entenderia. Por isso, essa paz me deixava acordada, queria desfrutá-la ao máximo, para não perder cada aperto de ânimo. Sabia muito bem que no dia que estava nascendo, deveria ir á escola, vestir uma roupa confortável tipo uma legging e uma T-shirt florida, uma sapatilha, uma rabo de cavalo, e claro, meu óculo de grau nada estiloso e simples demais. 
Minha cama estava perdida demais para mim e enquanto sentia-me mergulhar em sensações ensurdecedoras, podia ver minha alma viajando por aí. Fiquei então assistindo essa paz, olhando as luzes em tons pastéis dissiparem no teto do meu quarto, enquanto não conseguia dormir. Já que o sono não viria, peguei meu caderno de poesias e fui escrever e rabiscar. Comecei então, a escrever uma linda história de vida. Sobre a minha vida. Pois a partir do momento que você percebe o verdadeiro sentido de estar viva, todas as outras coisas fluem, e fluem tão limpas que é preciso libertar e depois, viver.


______________________________________________________
Acompanhe o blog também em:
escrito com amor
  • Comente pelo Facebook!

    9 Comentários

    1. Nossa como você escreve bem, daria uma boa escritora de livros... amo seus textos me fazem viajar.. beijão Cami <3

      http://olhardeumgaroto.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    2. Cá, mais uma vez venho dizer que adorei o texto <3
      Parabéns!
      Beijinhos, Té
      www.bloglola.com.br

      ResponderExcluir
    3. Que lindo, exatamente como eu me sente está noite. Estava sem sono, pensando em uma pessoa.... Ai amei.

      Beijinhos
      www.filrosa.blogspot.com <3

      ResponderExcluir
    4. Que lindo, é tão bom está sentindo-se em paz.

      www.iasmincruz.com

      ResponderExcluir
    5. Belo texto. Fico feliz que tenha curtido Bon Iver. E sim, é um bom som para se inspirar.
      Mas ultimamente ando sem inspiração para escrever, vou ver se ouço mais as músicas deles e ver se resolvo o problema. Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    6. vc escreve muito bem
      cada vez que venho aqui fico encantada
      blog lindo
      bezos

      ResponderExcluir
    7. Que lindo! Gostei do texto.

      petalasdeliberdade.blogspot.com

      ResponderExcluir
    8. Belo texto, Parabéns!! Beijos

      www.abusandodamake.com

      ResponderExcluir
    9. Adorei o texto, Camila! Se a insônia te fez refletir sobre a vida, ela foi produtiva. Dificilmente tiramos um tempo para refletir sobre o que estamos fazendo ou deixando de fazer. E esquecemos de ser gratos por cada vitória.
      Abraços

      ResponderExcluir

    Obrigada pela sua visita! Ela é muito importante.