Pesquisa







Acredito que as coisas mudaram muito desde que cresci, digo, 'madurei'. Natal antes resumia-se para mim em brinquedos e quantas bonecas eu ganhava de presente. Ficava a pensar, desde nova, quando essa magia iria acabar. 
Quando criança não parava quieta, gostava mesmo da bagunça inventada pelos primos mais velhos, vezes chorava, vezes gargalhava. E lembro-me que fazíamos muitas brincadeiras embaixo de uma árvore enorme, galhos cinzas e surrados pelo tempo, folhas bem verdinhas, e com algumas luzes piscando para celebrar o natal. E os sorrisos? Bom, esses eram muitos. Lembro-me de um primo meio desengonçado, meio lento, que era meu protetor. Eu sempre fui a mais nova dentre todos, então precisava de alguém que me desse aconchego e um abraço caso alguém me derrubasse. E acredite, acontecia pelo menos três vezes durante uma única brincadeira.
Essa árvore, nos contos inventados pelo vovó, estava escondida uma criaturinha muito pequena, de orelhas grandes, boca pequena e nariz menor ainda, com vestido de seda vermelho, e que gostava de comer nozes. Isso mesmo, apenas nozes. Contava ainda que essa criatura vivia sozinha naquela árvore gigante, mas que era muito feliz. Admito que essa história criada, era minha magia preferida do Natal. Uma vez ao ano.. em todos os anos de festa.
A árvore reluzia transparência, e eu sempre teimava em entrar ali para procurar a criaturinha, e isso foi até uns doze anos. Velha, eu sei. Mas nada podia fazer se, tomada pela curiosidade, queria descobrir um outro mundo, uma possível amiga. Todas as vezes que íamos passar essa festa com minha família do interior, vovó fazia questão de pegar-me no colo e contar-me coisas sobre a criaturinha que, eu sei, ela não contava a mais ninguém. Imagina meus olhos de seda quando dizia-me que era um segredo. Sentia-me uma joia para minha vovó, a preferida, sempre soube.
Parando então de ser derrubada pelos meus primos, eu, que sempre fui miúda de tamanho mas com uma imaginação de fazer mover montanhas, sempre dedicava meus dias a escrever em um bloquinho simples que havia ganhado de minha avó. Estava era fugindo de briguinhas natalinas.

O que é Natal? Até hoje, não sei como transbordar isso. Nem como agradecer as tão sonhadas noites estreladas e frescas. Sempre será Natal se acreditar que Jesus vive. Ele vive e Te ama.

_______________________________________________________

Acompanhe o blog também em:
escrito com amor
  • Comente pelo Facebook!

    25 Comentários

    1. Que texto perfeito!Vc leva jeito para escrever!http://atuandoemparis.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    2. Adorei o texto, ficou lindo! :]
      Boa sexta-feira! Beijos!
      http://www.annacaarol.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    3. amei o texto! que lindo adorei a historia. bjus http://anavidadeestilista.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    4. Olá Camila,

      Belo texto....época de boas lembranças....parabéns....abraços.

      devoradordeletras.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    5. Lembrar do Natal da minha infância me dá muita saudade! A "magia" era muito maior. :')

      Beijooos.
      http://www.quaseatoa.com/

      ResponderExcluir
    6. Natal também é bem especial pra mim, e acho que a maioria de nós tem memórias da infância sobre ele que foram importantes. Eu me lembro de muita coisa!

      ResponderExcluir
    7. O Natal pra mim esse ano será um pouco mais triste, mas ainda é uma data especial pra mim, apesar de tudo. Adorei o texto, confesso que lembrei das minhas brigas com meus primos, mas eu era a mais velha haha, entretanto ainda era especial pra mim. Beijos e obrigada por comentar no meu blog.

      ResponderExcluir
    8. Muito lindo e inspirador, esse texto, parabéns. Beijos :*

      ericagirlfashion.blogspot.com

      ResponderExcluir
    9. Lindas palavras! Jesus nasceu e vive.
      Quero agradecê-lo atê vê-lo face a face, para agradecer mais ainda.

      Post novo, venha conferir!!!
      http://gabriellyrosa.blogspot.com G.R ♥

      ResponderExcluir
    10. que liiiiiiiiindo seu texto *-*
      essa época é maravilhosa msm, o clima contagia todo mundo rs
      bjs

      ResponderExcluir
    11. Olá
      Texto maravilhoso, cheio de sentimentos e muito bem escrito.
      Beijos

      cocacolaecupcake.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    12. Concordo com muitas partes do texto, as pessoas realmente esquecem o real motivo de celebrar o natal. Texto lindo e bem escrito.
      Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    13. Quanto tempo que não passava por aqui....
      Um feliz natal e um ano de 2014 maravilhoso pra vc!
      Beijos!

      ResponderExcluir
    14. Que lindo o texto, Camila!

      Não conhecia o seu blog ainda, achei lindo demais o layout!
      Ah! Tava vendo os posts da coluna "Papo Calcinha", adorei... no próximo me chama que quero ver e até participar, se precisar! hahaha

      Beijos ♥
      http://viciosemtres.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    15. Poxa Ca, q texto perfeito, lindo, inspirador e sincero! Fiquei sem palavras!

      vivendoforadeserie.blogspot.com

      ResponderExcluir
    16. Que lindo ficou o texto!! E mais bela ainda é a história.
      Mesmo já tendo crescido, o Natal ainda tem algo mágico para mim.

      Beijos,
      Myris
      http://www.nacabeceiradacama.com.br

      ResponderExcluir
    17. Lindo texto, Camila.
      Lendo suas palavras sobre presentes... acredita que eu nunca ganhei presente nesta data?
      Acho que por esse motivo é bem complicado entrar neste clima de Natal.
      Beijos e obrigada pelo comentário, você é uma fofa.

      ResponderExcluir
    18. Adorei, amiga!
      O texto ficou bem bonito e levou em conta o tema.
      Amei mesmo.

      Beijos,
      Larissa ♥

      - Vitamina de Pimenta -

      ResponderExcluir
    19. Tempo de Natal sempre me deixa feliz e amei seu texto! :)
      Um beijão e até mais.

      www.queridaga.com

      ResponderExcluir
    20. Natal é muito bom! Seu texto tá maravilhosoooooo e achei muito criativo o nome do seu blog!

      http://www.juliechagas.com/

      ResponderExcluir
    21. Que lindo! :3 Quanto prestígio em ser a única que sua vó contava essa história, hein? ;)
      Feliz Natal! <3
      Bjo, Sel ;* | Jovens Gordinhas ♥

      ResponderExcluir
    22. Que texto encantador! O texto é maravilhoso, me trouxe boas lembranças.

      Beijos, Jéssica Argentino
      Baunália

      ResponderExcluir
    23. Ahh, que fofo e nostálgico!
      Eu me lembro do Natal ser muito mais divertido há sei lá, 10 anos atrás. Conforme o tempo vai passando, sinto que aquela magia que eu tinha vai sumindo junto...
      Porém, me esforço pra tentar trazer o tiquinho de empolgação que eu costumava ter xD!
      Fofíssimo o texto. Fiquei até com vontade de conhecer essa criaturinha que gosta de comer nozes hahah (=
      bjus!

      ResponderExcluir
    24. Que texto lindo! Me trouxe vários sentimentos bons. Amo a magia do Natal!

      ResponderExcluir

    Obrigada pela sua visita! Ela é muito importante.