Pesquisa







Se às vezes rio é porque minha alma alegrou-se. Se choro, é porque ela se cansou de reclamar. Se escrevo, é porque sua voz alenta quer inundar-se. Se calo, é porque pediste. Se desmaio, é porque algo está errado. Se clamo, ela está lá. Minha alma pode ser de gelo meras vezes, mas ela existe e por existir, faz-me feliz. A recordo com passividade, com permeio e felicidade. Possui generosidade alheia e tudo o mais pedido. Podes pisar-te, jogar e resmungar-te ... ela existe e vive mais em mim, que neles.





postado com amor por
  • Comente pelo Facebook!

    54 Comentários

    1. o que foi lindo? e porque a deixou pensativa?

      ResponderExcluir
    2. " e por existir, faz-me feliz", e por existires, faz-me feliz, com sua afetiva escrita almática, de corpos alados...
      b
      l

      ResponderExcluir
    3. quem me dera que não tivesse a passar por isto, a sério. doi muito o que o meu namorado me está a fazer!

      ResponderExcluir
    4. muito obrigada, mas acho que apenas ele me pode ajudar acabando com o sofrimento que me anda a causar :s

      ResponderExcluir
    5. Versos lindos *-* :D
      Seguindo no twitter.
      Beijo

      ResponderExcluir
    6. Nossas almas são assim não é?
      Lindo a maneira como escreves *-*

      Beijos

      ResponderExcluir
    7. que linda frase, ou será um pensamento? .. acho que vários pensamentos juntos..

      ResponderExcluir
    8. Eu não acho idiotisse o luxo do casamento, quem me dera a mim ter um casamento daqueles um dia. O que eu acho idiotisse é a importância que a comunicação social portuguesa lhe deu quando Portugal tem muito mais com que se preocupar, uma vez que estamos a chegar à banca rota. Idiotisse também é as pessoas irem dormir para a frente da catedral duas noites só para verem o casamento. Isso sim, é idiotisse, não o luxo e a riqueza do casamento. Fico feliz por eles se terem casado e que tenham tido um casamento tão bonito, a Kate estava maravilhosa e sim, espero que sejam muito felizes. Você me interpretou mal

      ResponderExcluir
    9. Quando faço tudo isso, faço pelos mesmos motivos, mas por outros também! E o mais importante continua sendo o sentir - o verdadeiro ser.

      ResponderExcluir
    10. olá, camila! obrigada pela pessada no escafandro (:
      esse texto tem alma mesmo! hahahaha
      posso só dar uma dica? Escreve-se "às vezes".
      adorei seu layout, muito bonito aqui!

      ResponderExcluir
    11. A forma que você consegue mexer com as antiteses presentes na vida é sublime. Muito bom o texto.

      ResponderExcluir
    12. Lindo texto, belas palavras.
      Já que pediu, tô seguindo no twitter e o blog também. Beijos.

      ResponderExcluir
    13. Gostei muito. O texto ficou incrivel!

      ResponderExcluir
    14. vc é uma das melhores que eu leio. mt bom, to seguindo no twitter pq o outro não tenho.
      bjão

      ResponderExcluir
    15. Lindo...
      Tens uma sensibilidade tremenda.

      te sigo.

      Nina

      www.devaneios-fragmentos.blogspot.com

      www.reinventandoemocoes.blogspot.com

      ResponderExcluir
    16. Ohh, sem dúvida que é um bom sonho! Quem sabe se não o consegue concretizar :)

      A alma está sempre connosco, pode muito bem pertencer em parte a outras pessoas com quem partilhamos a nossa vida, mas nunca deixa de estar inteiramente connosco, dentro de nós. E há que saber dar-lhe o devido valor e preservá-la tal como merece. Embora algumas vezes seja ela que nos prega umas grandes partidas.
      Gostei muito *

      ResponderExcluir
    17. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    18. Você tem doçura. É leve, mesmo quando cita a complexidade do ser. Escreve com a sutileza de alguém que preserva a alma em si, mas bem poderia mostrar ao mundo.

      E ecoando várias vezes, feito um mantra... "ela existe,e vive mais em mim,que neles."

      ResponderExcluir
    19. Como eu compreendo. Também fico ciumento apenas por culpa da Imaginação :x

      A alma é demonstrada em certos actos e será sempre a nossa essência.

      - Sigo no twitter *

      ResponderExcluir
    20. Obrigada !
      também gostei muito .
      estou a seguir (:

      ResponderExcluir
    21. Isso é muito bom , é sinal que soubeste arriscar quando devias (:

      Fico muito feliz de te poder dar essa lembrança :$

      Gostei dos teus textos , parabéns :D

      ResponderExcluir
    22. E por existir, faz-me feliz... Simplesmente lindo, lindo! Adorei seu blog, amei seu post, arrasou!

      Beijo :*

      ResponderExcluir
    23. Ao traduzir um poema a sua essencia perde-se completamente, mais ainda bem que gostaste =)

      ResponderExcluir
    24. não quero que dure para sempre, mas que dure o tempo que tiver que durar . *

      ResponderExcluir
    25. Sem dúvida, obrigado! ;)

      Sigo*

      ResponderExcluir
    26. Alma é o que faz que valha a pena.
      =)

      ResponderExcluir
    27. Estou aqui, passeando pelas suas belas páginas e também agradecendo sua visita no (IN)PERCEPÇÕES.
      Muito grata e um abraço

      ResponderExcluir
    28. Que texto maravilhoso! Adorei, sinceramente.

      ResponderExcluir
    29. Passei por aqui e gostei das batidas. O amor está muito forte por aqui. Bom sentir mais várias formas de amar. Parabéns.

      ResponderExcluir
    30. Seu blog é muito bom por isso vim até o seu espaço e gostei muito do que li por aqui. Tenho um blog Tb gosto d++ de poemas. E estou te seguindo se VC puder da uma passada La no meu blog. VAI SER UM PRAZER SE PUDER ME SEGUIR...Bejs . Déia.........
      Esse é o link do meu blog
      http://wwwdeiablog.blogspot.com/

      ResponderExcluir

    Obrigada pela sua visita! Ela é muito importante.